Exibindo: 1 - 10 de 17 RESULTADOS
Maternidade real

“Maternidade: vamos do céu ao inferno e voltamos ao paraíso num piscar de olhos!”

É muito comum ouvirmos relatos de mulheres dizendo: “ninguém ensina ser mãe!”. Aliás, eu mesma já disse por diversas vezes tais palavras. Hoje, com o passar do tempo, e uma certa maturidade, posso dizer que sim, se soubéssemos ler as pessoas, principalmente as mães solo, as mães pretas, as mães pobres e as mães solo …

Cotidiano

Mãe, tenha uma praça para chamar de sua

Esses dias encontrei uma amiga pelo bairro. Fazia um tempão que não nos víamos. Somos amigas da praça. Fizemos amizade sentada num banco de parquinho, as duas de chinelo, calça legging, olheira, coque no cabelo e teta de fora amamentando as crias. As duas recém paridas, acabadas de sair da caverna, fazendo contato com o …

Maternidade real Puerpério

Quando maternar é um verbo

Dia desses uma pergunta me fez acionar o “gatilho” sobre o meu puerpério. Os gatilhos mentais ou emocionais são uma espécie de “disparo de traumas”, alguma coisa que nos faz lembrar de algo que não foi bom, sentimentos e sensações muito desagradáveis de algum momento que passamos.  A pergunta era apenas, se eu só “maternava”. …

Cotidiano Raça e Etnia

Rede de apoio: Quem tem direito? | Uma reflexão a partir de raça e classe social

As discussões atuais em torno da maternidade têm possibilitado que muitas mulheres tenham  a oportunidade de ressignificarem esse processo tão carregado de pré-conceitos. Hoje podemos,  ainda que timidamente, dizer da nossa solidão ao maternar, podemos, ainda que com julgamentos,  dizer que não desejamos ter filhos, e quando as coisas ficam difíceis podemos lançar mão da …

error: Ops, conteúdo protegido!