Tempo de leitura: 1 minuto(s)

O essencial é a necessidade, o restante deixa pra mais tarde

Adia, faça depois, talvez amanhã…

É sobre se abstrair e ao mesmo tempo se recompor 

É um sentimento desorganizado

Irradia amor e por diversas vezes frustração 

Maternidade não é só ternura, maternidade também é dor

Também é desejo, impulso, capricho e inspiração

É despretensão, abnegação, desapego, é paixão.

Rompe o ciclo de ser somente mulher 

E a cada filho nascer uma nova mãe.

Porque maternidade é lição, aprendizado, razão 

Entre o que é certo e o que é só intuição.

Muitos cobram da mãe uma mulher, 

E da daquela mulher ser uma perfeita mãe

Mal sabem que na puérpera se lapida um novo mundo 

Uma nova estação, 

E na sua atual rotina

Intercalar dor e amor é ser um ser além da evolução.

Autora: Sou Daiane, mãe de uma linda moça chamada Gabrielly de 10 anos, e recentemente (27 dias), mãe novamente do pequeno príncipe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui