Tempo de leitura: 3 minuto(s)

Nas últimas semanas, um dos assuntos mais falados são a respeito do coronavoucher, auxílio liberado pelo governo para milhares de brasileiros que estão em quarentena e precisam de renda para continuar sua vida financeira. O valor desse benefício varia de R$ 600,00 ou de R$ 1200,00 para mães-solo, caso sejam chefes de família.
O mais importante após receber o auxílio é pensar em como utilizar, pois, pode ser que você mãe tenha muitas despesas. Então, vamos a algumas dicas: 

Organize suas finanças

Faça uma lista de tudo o que você precisa pagar. Liste por ordem de prioridade e coloque primeiro os gastos essenciais, um deles, é a alimentação. Faça a feira para 15 até 30 dias, procure por produtos que tenham uma maior durabilidade e opções que você possa preparar, pois dessa forma será possível economizar.

Na sequência, é importante olhar para os produtos de higiene e medicamentos. Se atente, faça uma pesquisa de valores desses produtos, pois devido o atual cenário os preços se elevaram.

Depois, olhe para as contas de aluguel, água e luz. Neste tópico vale conferir se na sua cidade a empresa fornecedora de energia está com pagamentos suspensos temporariamente. Pois, em caso afirmativo, você pode priorizar outras despesas e posteriormente efetuar o pagamento da energia. 

Se você realiza a compra dos produtos de higiene, medicamentos e alimentícios utilizando o cartão de crédito, sua prioridade será pagar a fatura. O ideal é sempre efetuar o pagamento do valor integral e se planejar para comprar os novos itens. Faça uma lista do que realmente é essencial, pois utilizar o cartão pode fazer com que compremos mais do que precisamos, devido a ilusão de pensarmos que temos limite e prazo, que é diferente de quando pagamos à vista.

Após realizar essas etapas, veja se é possível pagar mais alguma despesa que possa estar pendente. Caso seja, pague. Pois ficar com a vida financeira em dia é fundamental para saúde mental.

Se você não conseguir pagar todas as despesas, não se desespere. Ao realizar as etapas acima, negocie as pendências e insira em seu planejamento em quantos meses você vai poder e economize no que for possível. Sempre existe uma solução foque nisso e não no caos. Caso consiga pagar todas as despesas e ficar com uma folga, reserve esse dinheiro, porque não sabemos quanto tempo essa situação vai se manter.

Esse momento é de muita reflexão para nossa vida financeira. Reflita sobre seu consumo, estilo de vida, as mudanças que você sempre desejou fazer e nunca faz, observe seu comportamento em relação às finanças é sempre o mesmo. Você sempre está endividada? Você ganha bem, mas não consegue se organizar? Você sempre fala que vai começar a investir e nunca começa? Você sempre sonha em ter algo, mas nunca consegue?

Todas essas questões podem mostrar muito sobre padrões que você faz automaticamente e nunca se deu conta e eles precisam ser rompidos para que você possa mudar o percurso da sua vida financeira.

Quero te convidar a me da uma força nas redes sociais para que eu possa levar esse conteúdo ao maior número de mães possível. E se você tiver alguma dúvida me escreva ou me envie um direct no instagram, vai ser um prazer colaborar com você.
You Tube:
https://www.youtube.com/channel/UCKpaBtRTfLNXuNkLvyA-tFQ

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui