Tempo de leitura: 1 minuto(s)

E vamos falar da realidade da gravidez. Sim! Estar grávida é uma coisa que por si só é um milagre, algo lindo, divino. Mas não estou aqui pra falar das partes boas, sabe por quê?

Crescemos ouvindo sobre todas elas e nos iludimos, pois ninguém nos conta as partes pesadas de estar grávida. Pois é, como tudo na vida, escuridão e luz, dia e noite, fogo e água, tudo é composto de opostos, minha gente.

Então por que na gravidez seria diferente? Não acordo todos os dias me sentindo linda, plena, sorrindo, nem feliz só por estar grávida. Atrás da “mamãe” existe uma mulher com uma série de mudanças esperadas e inesperadas.

Hormônios chegando numa velocidade de 300km/h. Mudanças corporais. Enjoos (o que não foi o meu caso), mas tive mau estar, enxaquecas de tirar o fôlego, dores musculares e fadiga. E sim, na gravidez temos os dias bons e ruins.

E quando outras pessoas viram pra você quando está com dor, triste, esgotada e falam: “Mas você tem um bebê não se sinta assim, você vai passar tudo para ele, precisa pensar diferente”. Essas palavras doem, machucam e pioram tudo.

Nos culpamos porque achamos que não é normal ver o lado obscuro da gravidez. Então, se você leu até aqui meu recado é: tenha empatia. Atrás de uma mãe, existe uma mulher com tantas mudanças que, às vezes, nem ela sabe quem é e como reagir.

Na dúvida, fique calado e ofereça um abraço, nem que seja virtual, isso fará toda diferença.


Autora: Mari Colors – @mari.colors

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui