Mulheres-mães protagonistas da própria história

POESIA | As minhas meninas pretas, pretinhas 

POESIA | As minhas meninas pretas, pretinhas 

Compartilhe esse artigo

Por Carla Pepe – @carla.pepe75

Sonhem todos os seus sonhos.

Os sonhos são seus por direito.

Criem o hábito de celebrar seus cabelos,

seus olhos, sua pele, a vocês mesmas. 

Se amar é uma jornada e eu espero que meus versos 

encontrem vocês nos dias mais cinzas

e que eles sejam afago em seus cabelos-ninho. 

Vocês são um espetáculo da natureza, 

coloquem esse recado pela casa, por onde quer que seja. 

Dancem, cantem, experimentem a liberdade de ser vocês. 

Escrevam suas palavras e as falem em voz alta 

Todo mundo merece ouvi-las, 

nunca deixe ninguem lhes silenciar 

Lembrem-se que vocês precisam umas das outras 

e juntas são magia poderosa 

Eu faço preces por vocês todos os dias 

para que tenham orgulho de si mesmas 

e enfrentem esse mundo em boa companhia 

Esse é um poema para que vocês sempre se recordem 

do quão belas e maravilhosas vocês são, 

Vocês são tempestade, magia, alegria, o aluvião.

Compartilhe esse artigo

Leitura relacionada

Últimos Artigos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *