Mulheres-mães protagonistas da própria história

Como se preparar para a chegada de um filho

Como se preparar para a chegada de um filho

Compartilhe esse artigo

A gestação é uma preparação para a chegada do bebê, pensa-se nos nomes, prepara-se o enxoval, arruma-se o quartinho, muda-se a alimentação entre outras coisas, mas ainda assim ninguém pode te preparar para a chegada de um filho. 

Por mais que você tenha lido ou estudado tudo sobre maternidade, ao pegar o seu recém-nascido nos braços pela primeira vez,  talvez você vá pensar consigo mesma:  E agora, o que eu faço? Chega a ser desesperador. 

Longe de mim te assustar, mas dá muito medo sim não posso mentir. Mas esse medo não paralisa, você vai com medo mesmo, pois sabe que é com você e ponto, não tem outro jeito.

Você também não se prepara para as noites mal dormidas, cólicas, dores de pós parto, seios doloridos, amamentação, puerpério e explosão de sentimentos de tristeza e alegria ao mesmo tempo. 

Quando você acha que está tirando de letra acontece algo novo que muda as suas “certezas”. O bebê dormia de um jeito e já não dormia mais, ele parava de chorar quando ninado e já não para mais, e por aí vai.

Você também não se prepara pro instinto de proteção que vai sentir pelo seu filho, pelo amor que cresce a cada dia, pela relação de afeto que é construída com cada troca de olhares entre as mamadas.

Você sabia que sua vida iria mudar, mas não imaginava o quanto. Você não se preparou pra tudo que irá viver, mas conseguirá fazer tantas coisas que jamais pensou que faria. E depois que olhar pra trás, relembrando tudo o que foi capaz de fazer, vai se orgulhar de si mesma e dizer: Eu consegui muito mais do que imaginei. Eu sou a melhor mãe que meu filho poderia ter.

Compartilhe esse artigo

Leitura relacionada

Últimos Artigos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *