Tempo de leitura: 2 minuto(s)

Deixa eu contar uma coisa, meninas! Vocês escutarão pessoas dizendo “O importante é ser feliz”, e eu quero que saibam que não é verdade. Essa frase que está em capas de cadernos, imagens repostadas e na boca de muita gente, tem feito um mal danado para as pessoas e quero alertá-las para que não comprem a ideia.

Em busca de fazer essa frase virar realidade, as pessoas se tornam egoístas, afinal o importante é o “EU”, não importa se, para isso, coloquem as próprias vidas em risco, os sentimentos de outras pessoas no bolso, se terão que puxar tapetes. Apoiadas nesta frase as pessoas terminam casamentos na primeira crise, saem de empregos na primeira crítica, desfazem amizades na primeira decepção, desistem de sonhos no primeiro obstáculo e por ai vai.

Entendam… o importante mesmo é ser do bem, ser empática, solidária, gentil, cultivar relações, ter ombro para chorar nas frustrações, reconhecer seus erros, se desculpar, posicionar seus incômodos sem agredir, ser grata pelo que se tem e buscar, dignamente, o que se quer, só assim serão felizes.

Nem sempre o céu estará azul, nem sempre a água estará na temperatura desejada, mas lembrem-se que sempre existe o outro dia. A felicidade é simples, está no caminho e não no final. Ela é feita de pequenos momentos que você parece ter o mundo nas mãos, tipo essa foto, em seguida está vendo correr para longe e aprende que a felicidade do outro também reverbera em você.

E não esqueçam… eu estarei sempre por perto, serei sempre o porto mais seguro para ancorarem e seguirei na torcida para que sejam feliz, não acima de tudo, mas apesar de tudo.


Autora: Meu nome é Cristina, sou mãe de duas meninas lindas, sou neuropsicopedagoa e coordenadora pedagógica da primeira infância. Instagram: @crishmagalhaes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui