Mulheres-mães protagonistas da própria história

Eu ainda não aprendi

Compartilhe esse artigo

Por Tatiana Perin – @tatianaperinpsicologa

Tem dias em que eu insisto em dar conta de tudo. Coloco roupa na máquina enquanto respondo mensagem de paciente; guardo roupas no armário, fingindo brincar de robô; preparo café da manhã de três, validando material de trabalho; estendo a roupa, ouvindo podcast sobre empreendedorismo; amamento, fazendo a lista do mercado; faço a unha, respondendo e-mail; escrevo uma dissertação, enquanto dou colo.

Eu ainda não aprendi.

Não aprendi que não se trata de fazer várias coisas ao mesmo tempo (essa habilidade que nós, mulheres, enchemos a boca para dizer que temos… baita tiro no pé).

Trata-se de não ser possível fazer bem feito qualquer coisa cuja energia e intenção estão dispersas.

Sabe por quê? Porque horas depois, passo pela lavanderia e percebo que não liguei a máquina de lavar roupa. Deixo a mensagem de texto pela metade ou escrevo e não envio. Meu filho percebe que não estou inteira na brincadeira e faz algo importante para chamar minha atenção (e eu ainda tenho coragem de brigar com ele).

Seguidamente, queimo panquecas e aprovo erros ortográficos (meus, claro). Nem sei repetir o que achei que estava escutando. Tomo mordidas no mamilo e esqueço de escrever metade dos itens do mercado. Saio da manicure sem pagar e estrago a pintura das unhas antes mesmo de chegar no carro. Não há trabalho que renda, enquanto estou perdendo a oportunidade de registrar que meus meninos ainda cabem no meu colo.

Eu ainda não aprendi, mas estou no caminho!

Compartilhe esse artigo

Leitura relacionada

Últimos Artigos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *