Tempo de leitura: 3 minuto(s)

A participação no bloco é gratuita, mas quem quiser participar da ação solidária pode comprar abadás e locar berços durante o evento, cuja renda será revertida, em parte, para entidades de apoio a crianças carentes

O primeiro bloco do Carnaval de Rua de São Paulo pensado especificamente para famílias com bebês e crianças pequenas – o Bloco do Berço Elétrico – espera reunir no sábado, 22/2, a partir das 10h, cerca de 5 mil pessoas em praça no Alto de Pinheiros.

Fundado pelo casal de foliões Júlia Maturana e Diogo Rios, o Bloco do Berço Elétrico surgiu de uma brincadeira. Fãs de Carnaval, em 2018, os pais do Pedro, então com 11 meses, decidiram levar o filho para curtir a festa, mas precisavam garantir a segurança e conforto do bebê. Assim, com muita criatividade e disposição, adaptaram o berço do bebê, com rodinhas, guarda-sol e enfeites e o levaram pra rua com o criativo nome “Berço Elétrico”. O sucesso foi imediato! Para a surpresa dos papais de Pedro, milhares de pessoas que não se divertiam por terem uma criança pequena, os apoiaram e sentiram-se motivados com esta iniciativa.

Totalmente gratuito, o Bloco do Berço Elétrico abre as celebrações do Carnaval com espaço e cuidados indispensáveis para garantir a folia de grandes e pequenos com todo o conforto: tenda de amamentação, fraldário, banheiros adaptados, monitor de decibéis, equipe de seguranças e, claro, repertório carnavalesco adequado ao público infantil.

Este ano, em sua segunda edição, o evento vai contar ainda com a venda de abadás, em tamanhos para bebê, infantil e adulto, e locação dos ‘berços elétricos’, que deram origem à ideia de formação do bloco. Trata-se de um berço adaptado com rodinhas, guarda-sol e placas de proteção, onde o bebê pode pular, sentar, descansar e até dormir, sem estresse ou perigo.

Solidariedade

Parte de todo o valor arrecadado com a venda de abadás e locação dos berços será revertido na compra de fraldas, produtos de higiene e composto alimentar para duas entidades de apoio a crianças em situação de risco: Lar Amor Luz e Esperança da Criança (LALEC) e Lar Batista de Crianças.

A participação no bloco é gratuita e dispensa o uso do abadá, mas, para quem quiser participar da ação solidária, os produtos já estão à venda por meio do site https://bercoeletrico.com.br/loja/. O body (até 24 meses), camiseta infantil (até 5 anos) e camiseta adulto custam R$ 45 (cada). E o berço que poderá ser locado durante o período do evento custa R$ 90.

Neste Carnaval, vem pro Berço! Traga sua família e venha fazer parte dessa festa!

Para saber mais, siga o Berço Elétrico: @bercoeletrico ou acesse: www.bercoeletrico.com.br

Mais informações

  • Quando: 22/02/2020 – Das 10h às 14h
  • Endereço: Praça Horácio Sabino, S/N – Pinheiros
  • Valor: Entrada Franca.
  • Importante: Não é obrigatório ter abadá. Os abadás podem ser adquiridos em https://bercoeletrico.com.br/loja/ e a entrega pode ser feita via correio (até 14/2), com retirada antecipada até 21/2, no HugSpot Coworking (Av. Pedroso de Morais, 2135), das 8h30 às 19h, ou no dia e local do evento.Os berços adaptados poderão ser locados também no site https://bercoeletrico.com.br/loja/ e retirados no próprio local e horário do evento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui